CONTRADIÇÕES INSTITUCIONAIS, RESILIÊNCIA E MUDANÇA DO CONTROLE GERENCIAL: Estudo de caso no SAMAE Blumenau-SC

Autores

  • Rafael Francisco de Avila Lehmkuhl UNISOCIESC Blumenau_SC
  • Eli T. Biscaro UNISOCIESC Blumenau_SC

Palavras-chave:

Contradições, Institucionais, Sistemas de Controle, Mudança Institucional

Resumo

Este estudo teve por objetivo identificar como as contradições institucionais, e as práxis humanas, conseguiram superar a resistência dos servidores e levar a mudança de controles gerenciais no SAMAE de Blumenau, Santa Catarina, Brasil. Foi averiguado que houve resistência na implementação de sistemas de controle, como foi o processo de adaptação e as práxis humanas, e se estes controles foram ou não institucionalizados. Desta forma, quanto aos objetivos a pesquisa se caracterizou como descritiva, quanto aos procedimentos estudo de caso e com abordagem qualitativa. O questionário com 22 questões foi respondido por 6 servidores, além de entrevistas realizadas na Autarquia, entre abril de 2017 a abril de 2019. Foram identificadas três fontes de contradições: ineficiência técnica dos controles, a não adaptabilidade dos agentes de logística, e o desalinhamento dos interesses entre agentes de logísticas e motoristas. Desta forma este estudo verificou que foram estas contradições institucionais que levaram as mudanças no SAMAE. Quanto as práxis, percebeu-se que as mudanças que ocorreram em 2009 e 2019 foi devido a um líder que assumiu os projetos. As mudanças só foram possíveis quando ultrapassou a barreira da resistência. No setor público não é possível demitir os funcionários, porém outros meios foram encontrados para realizar a mudança sem que demissões fossem necessárias. Com base nos relatos, conclui-se que os controles implementados através de planilhas eletrônicas em 2009 foram abandonados, e não há outro sistema que norteie as frotas, porém o Sistema Qlick View de 2016 está institucionalizado, reduzindo custos na autarquia.

Biografia do Autor

Rafael Francisco de Avila Lehmkuhl, UNISOCIESC Blumenau_SC

Pesquisador

Eli T. Biscaro, UNISOCIESC Blumenau_SC

Professora e Pesquisadora

Centro Universitário Sociesc de Blumenau-SC

Downloads

Publicado

2020-11-16

Como Citar

Lehmkuhl, R. F. de A., & Biscaro, E. T. (2020). CONTRADIÇÕES INSTITUCIONAIS, RESILIÊNCIA E MUDANÇA DO CONTROLE GERENCIAL: Estudo de caso no SAMAE Blumenau-SC. REVISTA DE EXTENSÃO E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNISOCIESC, 7(2), 47-70. Recuperado de http://dalfovo.com/ojs/index.php/reis/article/view/63

Edição

Seção

Artigos